Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > I Seminário Diversidade e Relações Étnico-Raciais na Educação Básica
Início do conteúdo da página

I Seminário Diversidade e Relações Étnico-Raciais na Educação Básica

Acessos: 920

Local: Auditório Maria Lúcia Medeiros – UFPA/Campus Bragança

Data: 19 e 20 de abril de 2023

 

 

Entre os dias 19 e 20 de abril de 2023, a Universidade Federal do Pará/Campus Universitário de Bragança promoverá o I Seminário Diversidade e Relações Étnico-Raciais na Educação Básica enquanto ação formativa transversalizada e integradora na cidade de Bragança (PA). Sob a organização da Faculdade de História (FAHIST) e do Grupo de Estudos e Pesquisas Interculturais Pará-Maranhão (GEIPAM), em parceria com as demais subunidades do Campus Universitário de Bragança e com professores/as da Educação Básica, este seminário pretende estimular diálogos e reflexões sobre formação e prática docente na região bragantina.

Logo, o evento visa ampliar as perspectivas para uma educação antirracista, emancipatória e inclusiva nas escolas, universidades e outros espaços de ensino-aprendizagem (formais e não formais), sensibilizando os/as futuros/as profissionais para atitudes comprometidas com o pensamento crítico e a formação cidadã no combate aos racismos, às intolerâncias e demais preconceitos em nossa sociedade. Tomando a comunidade escolar como primeiro (e principal) espaço para construção dialógica dessas experiências de liberdade, autonomia, equidade e respeito às diferenças a partir de práticas pedagógicas engajadas (e transgressoras), buscamos potencializar os debates públicos e uma reflexão coletiva sobre diversidade, interculturalidade e relações étnico-raciais entre a Universidade, as Escolas e a Comunidade.

As discussões em torno deste evento coadunam-se também com um momento de reflexão geral sobre os 20 anos da Lei 10.639/2003 e os 15 anos da Lei 11.645/2008, as quais instituíram a obrigatoriedade do ensino de História e Cultura Africana, Afro-Brasileira e Indígena na Educação Básica e no Ensino Superior, sobretudo nos cursos de formação de professores/as. Diante disso, uma questão se coloca a todos e todas nós, professores e professoras: como estamos elaborando proposta de ensino que auxiliem na implementação dessas legislações para uma educação antirracista? E quais os limites, desafios e perspectivas que temos observado a partir de nosso ofício em sala de aula?

Para responder essas e outras questões, o evento contará com quatro Rodas de Conversa que versarão sobre: “Relações étnico-raciais no ensino de História”, “Produção e uso de materiais didáticos na Educação Básica”, “NEABI e a Educação para as Relações Étnico-Raciais: perspectivas para formação de professores na região bragantina” e “Experiências desde o chão da escola”. Também teremos duas Conferências Magnas que serão ministradas pela Profa. Vera Arapiun, coordenadora da Educação Escolar Indígena da SEDUC-PA, e pela Profa. Maria Deusilene Melo, técnica da Coordenação de Igualdade Racial da SEDUC-PA. Além disso, na manhã do dia 19 de abril (às 9h), o GEIPAM promoverá um cine-debate com os/as estudantes da Educação Básica de Bragança sobre o documentário “Os Tembé: cidadãos brasileiros da floresta”.

As inscrições são gratuitas. PARTICIPEM!

 

Realizar inscrição: https://forms.gle/FcmwrhgMQBygpoTq5.

Baixar folder com a programação completa

Card/convite para o cine-debate (19/04 às 9h):

 

registrado em: ,
Assunto(s):
Fim do conteúdo da página