Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Histórico FAHIST
Início do conteúdo da página

Histórico FAHIST

Publicado: Quinta, 21 de Julho de 2016, 10h59 | Última atualização em Quinta, 21 de Julho de 2016, 10h59 | Acessos: 676

Os primeiros cursos para a formação de professores de História no Brasil foram criados em 1934 por meio das FFCL, num momento histórico de transição política, econômica e social pelo projeto reformista do governo de Getúlio Vargas e somente duas décadas depois é que este curso foi criado no Pará.

O curso de História da Universidade Federal do Pará tem suas origens na extinta Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCL) que iniciou suas atividades em 1955, com a autorização para funcionamento de seus seis primeiros cursos. Efetivamente, somente quatro desses cursos passaram a funcionar e, entre eles, estava o então curso unificado de História e Geografia.

Três anos após a criação da FFCL em nosso Estado, foi implantada a Universidade do Pará, por meio da Lei Federal nº 3191 de 02 de maio de 1957, assinada pelo presidente Juscelino Kubitschek, após cinco anos de tramitação do projeto original do deputado paraense Epílogo de Campos.

A universidade inaugurada incorporou sete faculdades existentes no Pará, entre elas a FFCL que passou a denominar-se Faculdade de Filosofia, e manteve o curso de História, que ainda congregava tanto os conhecimentos históricos quanto geográficos. Somente no ano de 1961 ocorreu o desmembramento para dois cursos distintos.

Em Bragança já houve quatro turmas de História, todas ofertadas de forma intervalar (intensivo) nos anos de 1987, 1990, 1997 e 2004. O ano de 2009 apresenta outro marco para o Campus de Bragança com a implantação do curso de História regular (extensivo), que amplia a formação de professores desta disciplina para atuar na região e minimizar a grande demanda destes profissionais, o que contribuirá significativamente para a produção historiográfica em nosso Estado.

O Curso de História da UFPA completou 50 anos em 2004, representando um momento muito significativo que o legitima com um grande acúmulo de conhecimento histórico produzido sobre a região, o que evidencia uma vasta experiência na condução de novas ações no campo historiográfico e na formação de professores de História.

Fim do conteúdo da página